Estado e municípios se unem para fomentar o desenvolvimento

195

Encontro do Movimento Viva Ouro Preto traça estratégias para alavancar turismo, negócios e iniciativas sociais na região

Em um encontro entre representantes do Estado, lideranças do município, autoridades e público, o Movimento Viva Ouro Preto segue traçando estratégias para o desenvolvimento da cidade histórica, com potencial para repercussão em outras regiões de Minas Gerais. 

Com o tema Unir para desenvolver e crescer, o seminário, realizado na quinta-feira (6/2), contou com a presença do secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede), Fernando Passalio e o ex-presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas), Emílio Parolini. O prefeito de Nova Lima e presidente da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais, Vitor Penido e o senador Carlos Viana também enviaram contribuições ao evento.

O seminário foi apresentado por Márcio Homem Cotta de Faria, um dos representantes do Movimento Viva Ouro Preto, iniciativa que objetiva reunir representantes de diversas áreas, como agentes de saúde, educadores, empresários, empreendedores e profissionais liberais para criar um planejamento para o desenvolvimento econômico e social de Ouro Preto e região. “Queremos ir além dos horizontes e traçar novos caminhos para nossa região. A contribuição do Governo de Minas Gerais será muito positiva”, destacou Cotta. O movimento é difundido e coordenado por diversas lideranças do município.   

Minas Livre para Crescer
O secretário-adjunto, Fernando Passalio, apresentou os eixos estratégicos de atuação do Desenvolvimento Econômico: Minas Livre Para Crescer, Atração de Investimentos e Desestatização e Privatização. “Estamos com uma estratégia voltada para melhorar a vida dos mineiros. Por meio das ações de desenvolvimento econômico já estamos conquistando resultados no social, com frutos para geração de emprego e renda”, destacou Passalio. 

O Minas Livre Para Crescer foi o eixo principal da discussão no seminário. As atividades de liberdade econômica e a facilitação da vida do empreendedor foram as principais pautas debatidas entre os convidados. “O programa Minas Livre Para Crescer está facilitando a vida do empreendedor. O Governo quer ouvir os empresários, quer desburocratizar as ações. O resultado será refletido em toda a sociedade. Todos estão convidados a participar”, reafirmou os secretário-adjunto. 

O seminário é o início da construção para um planejamento de desenvolvimento econômico e social de Ouro Preto e região. As ações do documento estarão divididas em cinco pilares: turismo, cultura e esporte; comércio, serviços e esporte; indústria; educação e tecnologia. Durante o evento, os convidados puderam tirar dúvidas e fazer perguntas para os palestrantes. A construção do plano será realizada por meio de novas rodadas de palestras.