João Pinheiro: farmácias e supermercados não conseguem atender a demanda de álcool gel local

0
38

Entramos em contato com 14 farmácias e dois dos principais supermercados da cidade e em nenhum dos estabelecimentos tinha o produto para vender

Definitivamente o pinheirense comprou a briga contra o coronavírus: falta álcool gel em 14 farmácias da cidade. Na semana passada, noticiamos que o produto, principal aliado contra o contágio do vírus, já havia começado a sumir das prateleiras. Nem mesmo os dois maiores supermercados da cidade possuem o produto para venda.

Na tarde de hoje (19), o JP Agora ligou para 14 farmácias e drogarias da cidade e também para os dois maiores supermercados e em todos os locais o estoque de álcool gel chegou ao fim. Em alguns casos, não há previsão de chegada de uma nova remessa.

É importante ressaltar que o álcool em gel não é o único método para higienização das mãos, embora seja o mais eficaz. Uma boa lavada das mãos com água e sabão pode muito bem ser um bom aliado contra o contágio.

Mas, enquanto a situação não se normaliza, existem produtos disponíveis no mercado que são tão eficientes quanto. É o caso dos surfactantes, substâncias presentes em detergente, sabão, xampu, sabonete em barra ou líquido. Assim como o álcool, ele consegue dissolver a capa protetora do coronavírus, que é eliminado.

Já para higienizar superfícies como mesas e armários, os limpadores multiúso, água sanitária, limpa-vidros ou desinfetantes podem substituir o álcool em gel. Porém, a população deve lembrar que eles não são recomendados para uso na pele.

Sigamos firmes contra o coronavírus. Acompanhe a cobertura completa das medidas de prevenção na cidade de João Pinheiro no JP Agora.

Fonte: JP Agora